18 and a life to live!

12.2.15

Hoje vou relembrar meus 18/19 anos. Foi mais ou menos nessa idade que começou minha mutação capilar constante! xD E também nessa época que consegui meu primeiro emprego, em uma livraria no Shopping Morumbi. Trabalhei lá durante um ano e alguns meses. Tinha terminado o colégio e não fazia ideia de qual curso queria seguir na faculdade, então, resolvi trabalhar e decidir com calma. Sempre fui muito sossegada com relação à esses padrões sociais, então, fazia as coisas quando achava conveniente. Até hoje, aliás.

Nessa época, não manjava nada de cabelo e fazia tudo da maneira mais doida e errada que deveria fazer! Usava pó descolorante de qualidade duvidosa, e o tonalizante da Keraton que saia super rápido, o Hard Colors. Ficava muito triste quando lavava o cabelo e o via todo laranjinha no dia seguinte. Mas também foi nessa época onde tive péssimas experiências com cabeleireiros e resolvi aprender tudo em casa, para fazer tudo sozinha e da maneira que eu queria!

Minha primeira descoloração em casa. E a tentativa fail de uma mecha azul.
Lembro que ficava babando no catálogo da Exotic Colors, imaginando que eu jamais poderia usar cores como as moças daquelas fotos. Aquele catálogo antigo é muito nostálgico pra mim!
Na verdade, considero que nem faz tanto tempo assim. Foi nessa idade que comecei a amadurecer e perceber que o mundo respondia de acordo com nossos pensamentos. Comecei a perceber claramente o quanto podemos significar muito ou nada para outra pessoa e como podemos representar apenas uma peça em uma empresa. Questionamentos do tipo viviam na minha cabeça, e me sentia muito inconformada por me sentir tão inferior ou uma peça não importante no todo. Foi onde comecei a decidir o que queria fazer da minha vida, e como eu poderia fazer isso. Esses pensamentos moldaram muito minha visão de mundo, e hoje, mesmo modificados, representam muito do que acredito.
Ao final de 2011, resolvi sair da livraria onde trabalhava, e me dedicar aos estudos. Queria ser aprovada em uma universidade pública e também, conseguir um emprego de funcionária pública. Foi nessa época que trabalhei numa Escola de Música, a EM&T Morumbi. Acabei saindo porque não gostava do lugar. Era muito parado e passar o dia inteiro sem fazer nada me deixava muito inquieta. Graças a Deus, deu tudo certo, e consegui ser aprovada no concurso que queria. Para esperar as coisas se resolverem, trabalhei na Renner, perto da minha casa. Naquele ano, ao final de 2012, resolvi que queria me mudar para outra cidade, então, acabei desistindo de prestar vestibular para ver o que aconteceria... Foi onde conheci a EACH, minha faculdade atual, que tinha um curso cuja grade curricular me agradava muito e ainda havia a possibilidade de morar na cidade que queria, sem abrir mão da universidade. 
Desde então, nunca tive sorte com relacionamentos. Mas por conta de um deles acabei conhecendo a cidade de Mogi das Cruzes, e senti muita vontade de morar lá. Ao ser aprovada na universidade, também havia obtido nota suficiente no Enem para ingressar em outra faculdade privada através do ProUni. E foi o que fiz. Entrei em Psicologia na UMC, que por sinal, estou matriculada até hoje! xD Mas não consegui me mudar para lá. Pouco tempo depois soube que tinha sido aprovada na universidade pública, a USP e preferi esta. Hoje entendo claramente porque as coisas deram tão errado naquela época. 
Por fim, me dediquei bastante à fotografia durante o ano de 2012, e aprendi alguns truques. Até pretendo publicar por aqui uma coisa ou outra que costumava clicar naquela época. E depois, veio 2013 com mais desafios à serem superados e mais lições à serem aprendidas.

>> Minha sister e parceira do blog, vejam também! ♥ Toca da Toupeira
E como foi os 18/19 anos de vocês?

You Might Also Like

12 comentários

  1. As coisas sempre acontecem na hora certa, se em algum momento da nossa vida começa a dar tudo errado, é porque não era o momento certo pra algo acontecer. Por isso não dá pra desesperar. O negócio é manter o foco. Acho que todo mundo passa por fases assim. Mas que bom que no final tudo se resolve, né!? ^^
    ----
    Quando comecei a pintar meu cabelo, também não entendia nada. E até hoje não entendo muito.. Tive várias decepções com cabeleireiros, mas nunca tive jeito pra mexer no meu próprio. Finalmente, hoje em dia consegui alguém pra cuidar bem do meu... rs
    ---
    Quanto a sua pergunta... é uma boa pergunta.. acho que tenho que parar um tempo pra pensar antes de responder. Não sou de ficar guardando muitas lembranças.. acho que meus 18/19 não foram tão legais assim, caso contrario eu deveria ter lembranças marcantes... rs

    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Definitivamente, eu não questiono mais coisas que deveriam ou não acontecer conforme minha vontade. É aquela coisa do "plano maior" que falei em outra postagem esses dias...

      E menine, já sofri tanto com cabeleireiros. ): Felizmente descobri que levo jeito pra coisa, apesar de não gostar de mexer no cabelo dos outros. Minha família tem até cabeleireira e gente que queria que eu fosse, mas só seria se fosse algo exclusivamente voltado pra colorimetria, porque odeio fazer escova, e progressiva e afins, e é só isso que o povo quer! u.u

      E todo mundo vive momentos bons ou ruins. Eu ainda não sei se lembro da fase pelo lado positivo ou negativo, porque tudo faz parte, mas penso que perdi bastante tempo com algumas coisas que poderia ter solucionado antes. Mas é aquela, vendo do futuro, tudo é mais fácil. Foi como tinha que ser!

      Obrigada por sua visita, mais uma vez! <3

      Excluir
  2. Adorei você ruiva, Jaque!!! :D
    Tb trabalhei numa livraria, em que fui "literalmente" roubada pelo gerente, é mole?! oO
    Amei seu post, querida! Beijoks da Bia!
    GlamNoir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorava aquela cor. ): Quem sabe um dia eu volte! xD

      Excluir
  3. Olhando as fotos eu vejo o quanto você já mudou ao longo do tempo! Eu particularmente não tenho muita coragem para isso, principalmente no que se trata de cor de cabelos, mas você é praticamente uma camaleoa! Eu adoro a cor que seu cabelo está agora, por falar nisso <3 Ha, eu não sei se você costuma responder, mas te indiquei para uma Tag no blog :) Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, menine, coragem eu tenho. A vida é uma só pra viver só com uma cor de cabelo. :P Ó o lema da menina! UHAUHAS! E obrigada, vou consultar seu blog pra ver a TAG! Obrigada pela visita! <3

      Excluir
  4. Cara, se a minha primeira tentativa de pintar ficasse assim, eu ficaria feliz ahahah Já tentei pintar de roxo e ficou castanho, então imagina!
    Gostei de ler esse post, cada vez mais conheço um pouquinho de você.
    Beijões!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah mas não se engane! Ficou um montão manchado, é porque a foto deixou meio discreto! xD Obrigada por acompanhar, menine! <333

      Excluir
  5. Penso da mesma forma que você, em relação ao que der errado hoje, é sinal de que o amanhã nos reserva algo muito melhor! ^^
    Também não tive muita sorte em relacionamentos, até encontrar meu marido, que me deu a coisa mais linda desse mundo: minha filha! <3
    Engravidei aos 16 anos, então meus 18/19 anos foi conflitante, alternando entre ser mãe e esposa, estudante... Mas, enfim, o universo agiu sobre mim e cá estou! Não tenho tudo que quero, mas o essencial não me falta. :)
    Beijão, linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas, menine, o essencial é sua família, pois eles estarão ao seu lado independente de qualquer coisa. O que vier a mais que isso é complemento! Obrigada pela visita e pelo comentário! <33

      Excluir
  6. estou aqui novamente para dizer, puta merda, como conseguiu ser linda desde sempre? UEHEUHUEEHUEHUEHUHE
    puta merda, quantas mudanças! Não posso falar muita coisa porque ainda sou um baby que sempre estudou e estuda na mesma cidade em que nasceu kkkkk
    mas uma coisa é certa, o mundo responde de acordo nossos pensamentos ♥ (nova frase pra minha vida)
    sua NERD, quantos resultados bons em vestibulares ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Van, Van <33 Como sempre exagerona! u.u Sim, vivi muitas mudanças, principalmente porque sempre pensava meio que fora do comum, e isso me trouxe mais experiências ainda! Eu também estudo na mesma cidade em que nasci, exceto 2003 que estudei em Minas. :P

      E nem sou nerd, sou super preguiçosa pra estudar, acredita? Creio que tive bastante sorte! UHASUHAS Obrigada por todo carinho, coisa linda! <3

      Excluir

Muito grata pelo contato, seja sempre bem vindo! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

Cabelos Coloridos

Instagram Pessoal

Outfits no Instagram!