Pages

1.4.16

Tropas Estelares, Robert A. Heinlein (+ Filme)

Finalmente hoje venho comentar meu primeiro Heinlein, Tropas Estelares! ♥ Perdoem vossa querida narradora, que se empolgou nos trâmites e aprendizados de edição de vídeos e tem pensado pouco no que publicar aqui no blog, mas enfim, eu sempre me envolvo bastante quando estou aprendendo algo que me entusiasma. Hoje venho comentar o que achei da leitura do livro, que terminei esses dias e sobre o primeiro filme, que também vim assistir recentemente. Acompanhem.
Sobre a História: Alistar-se no Exército foi a primeira – e talvez a última – escolha livre que Juan Rico pôde tomar ao sair da adolescência. Apesar do árduo e rigoroso treinamento pelo qual é obrigado a passar, o perseverante recruta está determinado a tornar-se um capitão de tropas. No acampamento militar, ele aprenderá a ser um soldado. Mas apenas ao final de seu treinamento, quando, enfim, a guerra chegar (e ela sempre chega), Rico saberá por que se tornou um. Vencedor do prêmio Hugo e um dos maiores clássicos da ficção científica mundial, Tropas Estelares traz um enredo repleto de ação, tecnologia, superação de desafios, guerras espaciais e complexas relações políticas e humanas. A obra foi adaptada para o cinema pelo diretor Paul Verhoeven. ♥
Comentários: Traduzido por um grande amigo meu, Carlos Angelo, Tropas Estelares foi um livro que chegou às minhas mãos por acaso. A editora havia lançado, mas eu não havia me proposto a receber o livro de imediato, por causa do enfoque nas leituras dos Asimovs que eu vinha aplicando. Mas, conversando com este amigo tradutor, ele recomendou que eu desse uma chance ao autor para ampliar minha experiência com ficção científica. Eu confesso que demorei muito para terminar de ler, o livro é bem militarizado, mas eu gostei, sim, da leitura e pretendo ler outros títulos do autor. O início é, de fato, bem mais empolgante, nós vamos seguindo a história na narrativa de Juan Rico, e entrando em seu universo. Meu personagem favorito é o Zim, sem dúvidas! Caminhando pro final, dei uma desanimada, mas não tive vontade de desistir - geralmente, não conto conversa quando um livro não está me prendendo, largo mesmo e vou ler outro, mas eu sabia que valeria a pena terminar Tropas Estelares.
Confesso que me entusiasmei mais com a história após assistir ao filme. O filme é de 1997, e eu nunca tinha visto. Acredito que, mesmo com as mudanças que requerem uma adaptação aos cinemas, o filme conseguiu mostrar bem tudo o que é passado no livro, e de uma forma que somente o Verhoeven consegue. Nem preciso dizer que lembrei muito de Robocop, né?! Estou até cogitando fazer uma lista de filmes desse diretor e começar assistir, porque costumo gostar bastante do trabalho dele. Foi uma surpresa, porque eu realmente imaginei que não fosse gostar, talvez pela pressão que apliquei ao ler o livro. Num âmbito muito geral, poderia afirmar que aqueles que gostam bastante de política e afins, vão gostar muito do livro. O filme fica mais no imaginário, mas ainda sim, consegue transmitir essa mensagem com bastante humor. Estou até agora me perguntando porquê raios não assisti esse filme antes! É muito legal. Gostei muito dessa minha primeira experiência com o autor, e de fato, me sinto surpreendida, principalmente pela temática central da história, com guerras, insetos gigantes e soldados.

Compre Aqui: Tropas Estelares, Editora Aleph
Veja Também: Minha Coleção de Livros do Asimov + Robôs da Alvorada

2 comentários :

  1. Não sabia que tropas estrelares tinha livro, mas um pra minha lista, adorava o filme quando criança, não sei se eu assistir hoje em dia vou continuar gostando, mas é um filme muito bom, a unica frase que eu lembro do filme é "Você quer saber mais?"
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É SENSAAA! Recomendo demais, Z! <33
      E eu adorei o filme, mesmo sendo datado, sabe?!
      Muito clássico! *-*
      Beijão!

      Excluir

Muito grata pelo contato, espero sempre ajudar! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

© 4SPHYXI4 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: JAQUELINE CAMPOS .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo
The Alien