Pages

30.4.16

Meta Philip K. Dick (Editora Aleph)

Quando estava organizando meus livros nas caixas de mudanças, reparei que recebi bastante coisas que não mostrei por aqui, então, resolvi fazer essa publicação pra comentar o que a Editora Aleph me enviou e como estou seguindo com a minha meta de leitura atualmente. Bom, para quem não sabe, eu tinha a meta de ler todos os livros do Asimov que foram publicados pela editora, o que já consegui, portanto, criei outra meta, que é a de ler todos os livros do Philip K. Dick também. Aí já me organizei com eles, para receber todos os livros do autor e estou seguindo, faltam apenas 4 livros, do total de 8! Yeey! *-*
Tio Philip lendário! ♥
Depois ainda cheguei a receber O Homem do Castelo Alto também, mas como já embalei tudo, não consegui fotografar. Aliás, eu quero deixar para mostrar todos os livros juntos quando terminar de ler todos e receber O Reflexo na Escuridão, que ainda não chegou! Aqui no blog, comentei apenas Os Três Estigmas de Palmer Eldritch, mas já li Realidades Adaptadas e Ubik também, apenas não escrevi sobre eles ainda, o que irei começar assim que terminar de me organizar no meio dessa mudança!

Fluam, Minhas Lágrimas, Disse o Policial. (Recebido • Não lido • Não resenhado) | No romance "Fluam, minhas lágrimas, disse o policial", Philip K. Dick explora os limites entre percepção e realidade, criando uma impressionante distopia na qual Jason Taverner, um dos apresentadores mais populares da TV, um dia acorda sozinho num quarto de hotel e percebe que tudo mudou; que se tornara um ilustre desconhecido. E pior. Descobre que não há qualquer registro legal de sua existência. Dividido agora entre duas realidades, ele vê-se obrigado a recorrer ao submundo da ilegalidade enquanto tenta reaver seu passado e entender o que de fato aconteceu, dando início a uma estranha busca pela própria identidade.

Andróides sonham com ovelhas elétricas? (Recebido • Não lido • Não resenhado) | Rick Deckard é um caçador de recompensas. Ao contrário da maioria da população que sobreviveu à guerra atômica, não emigrou para as colônias interplanetárias após a devastação da Terra, permanecendo numa San Francisco decadente, coberta pela poeira radioativa que dizimou inúmeras espécies de animais e plantas. Livro que inspirou o filme Blade Runner, um dos meus favoritos. ♥

Valis (Recebido • Não lido • Não resenhado) | A vida de Horselover Fat sempre foi repleta de paranoia e episódios depressivos. Apesar de tentar ajudar os amigos, nunca obteve muito sucesso. Presa de sentimentos confusos e pensamentos intrincados, ele ocasionalmente flertava com a ideia do suicídio. Mas tudo muda quando Fat (ou Phil, a distinção nem sempre é clara) é atingido por um intenso feixe de luz rosa. A partir de então, dá início a uma verdadeira jornada pessoal para entender o que aconteceu: se foi um momento de loucura ou se, de fato, uma entidade divina se revelou para mostrar-lhe a verdadeira natureza do mundo. Transitando entre a mística religiosa, o gnosticismo e a tecnologia extraterrestre, Fat sai em busca de um messias reencarnado que já teria passado pela Terra e acaba percebendo que as fronteiras da realidade começam a ficar cada vez mais difusas.

Ubik (RecebidoLido • Não resenhado) | Em uma sociedade futurista, Glen Runciter é dono de uma empresa responsável por rastrear psis, indivíduos com habilidades especiais, como telepatas e precogs. Ele e seus funcionários caem na armadilha de uma empresa rival, e Runciter morre. Seus funcionários passam a receber estranhas mensagens de Runciter em moedas e embalagens de cigarro. O tempo começa a retroceder e eles terão que lutar contra a degeneração física e mental. A solução pode estar no spray Ubik, mas conforme a trama se desenvolve, menos fica claro quem realmente precisa ser salvo.

Realidades Adaptadas (RecebidoLido • Não resenhado) | Pouco conhecido no Brasil por sua obra literária, Dick é um sucesso entre as plateias de cinema. A fim de lhe prestar o devido reconhecimento, este livro reúne, em uma edição inédita no mundo, os contos do autor que foram adaptados para a sétima arte, levando ao grande público os textos originais que inspiraram roteiristas e diretores a realizar O Vingador do Futuro, Screamers, Impostor, Minority Report, O Pagamento, O Vidente e Os Agentes do Destino. SÓ FILME FODA, MINHA GENTE!

O Homem do Castelo Alto (RecebidoLendo Agora • Não resenhado) | Neste livro que é considerado por muito o melhor trabalho do autor, Dick apresenta um cenário sombrio: a Segunda Guerra Mundial foi vencida pelos Nazistas. O mundo vive sob o domínio da Alemanha e do Japão. Os negros são escravos. Os judeus se escondem sob identidades falsas para não serem completamente exterminados. É nesse contexto que se desenvolvem os dramas de vários personagens. Ao apresentar uma versão alternativa da história, Dick levanta a grande questão: “O que é a realidade, afinal?”

Um Reflexo na Escuridão (Não Recebido • Não lido • Não resenhado) | Arctor/Fred, um agente disfarçado, é obrigado a esconder sua verdadeira identidade tanto dos que convivem com ele no dia a dia dos usuários de substâncias ilícitas quanto de seus colegas policiais. No entanto, trabalhar como agente infiltrado para a divisão de narcóticos pode cobrar seu preço: ele acaba viciado em uma droga psicotrópica perigosa e muitas vezes letal, a Substância D. Um dos mais terríveis efeitos colaterais da substância é a cisão entre os dois hemisférios do cérebro, que passam a agir de forma independente, por vezes até “competitiva” entre si. Ambas as identidades, a de viciado e a de policial, podem levar o protagonista aos limites entre a realidade e a ilusão, onde paira a dúvida a respeito do verdadeiro “eu”.

Os Três Estigmas de Palmer Eldritch (RecebidoLidoVer comentários) | Num futuro não tão distante, quando o exílio compulsório de um planeta Terra excessivamente quente significa instalar-se miseravelmente em colônias marcianas, a única coisa que faz a vida dos colonizadores suportável são as drogas. Única em sua finalidade, a Can-D "traduz" aqueles que a consomem para uma outra realidade. No entanto, o surgimento de um concorrente abre uma disputa por esse mercado. Chamada Chew-Z, a nova substância é comercializada sob o slogan "Deus promete a vida eterna; nós cumprimos a promessa". Mas a questão é: Que tipo de eternidade ela oferece? E quem - ou o que - será seu portador?

Com todas essas descrições psicodélicas, nem preciso explicar porquê escolhi Philip K. Dick como o segundo autor que quero ler todos os livros, certo?! Se, em primeiro lugar, sou fascinada por robôs e space ópera, o que me fez decidir pelo Asimov em primeiro, também sou irredutivelmente apaixonada por universos paralelos e histórias que questionam a realidade, um sci-fi diferente, e incrivelmente empolgante. Não pensei duas vezes em eleger tio Philip pro segundo! Ainda tenho outros autores na mira, mas pensarei nisto depois. Espero dar um gás nas minhas leituras e engolir essa experiência louca que é ler PKD!
Fonte da Imagem

2 comentários :

  1. Bom dia! Tudo bem?
    Meu Deus, quantos livros /0\
    Eu tbm tinha a meta de ler todos do Rick Riordan, mas já abortei a missão.
    Boa sorte na sua meta!
    Passando pra retribuir o carinho lá no meu blog.
    Volte sempre!
    www.espinhapunk.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sua linda, é uma meta alcançável, são apenas 8!
      Já encarei o Asimov, agora, vamos que vamos no tio Philip!
      Quando a gente gosta, não vê obstáculos.
      Beijão linda. Obrigada pela visita. <3

      Excluir

Muito grata pelo contato, espero sempre ajudar! :3
You can contact me in english too! Be welcome! ♥

© 4SPHYXI4 - 2017. Todos os direitos reservados.
Criado por: JAQUELINE CAMPOS .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo
The Alien